Home
Para Ana . . .
O Dogue Merle
Como Escolher um Filhote
Padrão da Raça FCI/CBKC
Videos Educacionais AKC
Segredos do Pedigree
Maxim
Fritz
Oliver
Upponny in Doggerrland
Gemini
O Romance: Fritz&Maxim
Filhotes da Maxim
Filhos de Maxim
Filhotes Disponíveis
Filhotes Internacionais
Características
Temperamento
Para Quem é o Dogue?
Do que é que eles gostam...
Dogues Aprendem a Amar
Orelhas do Dogue Alemão
As Cores do Dogue Alemão
O Dogue Plaqueado
The Piebald Dane
Linhagens do Dogue Preto
Salve o Merle
O Merle na Reprodução
O que os Merles têm a dizer...
Regra Acasalamento GDCA
Regra Acasalamento CBKC
Displasia Coxofemoral
Cuidando & Educando
Cama, Mesa & Acessórios
Links
Links: Videos Legais
Contato
 

“Agrada-te  do  SENHOR,  e  ele  satisfará aos desejos do teu coração.  Entrega  o  teu  caminho ao  SENHOR,  confia   nele,  e  o  mais  ele  fará. ”  Sl 37:4 - 5




                                                       Por  Monica Reifegerste





O  Dogue Alemão é  para  pessoas  que  querem ter o seu cão perto de si e da família.  Estes cães são  muito  sociais  e  não  gostam  de  estar  sozinhos.

Se  você procura  um cão  para torná-lo um membro da família e para desfrutar de sua companhia no convívio diário, o Dogue Alemão certamente é uma excelente opção.

Mas  se  você  procura  apenas  por  um  cão  de  guarda  e  não  quer  ou  não  precisa do cão de companhia, então o Dogue Alemão não é a escolha mais acertada.

Este cão não deve viver exilado no seu quintal ou jardim,  muito  menos  confinado em  um canil.

Ainda  que você  disponha de excelentes instalações, um canil modelo para seus cães, este local deverá  ser  apenas  uma  opção a  mais  para  mantê-los em situações específicas e por períodos determinados,  jamais  definitivos e contínuos.

Este  é  o  caso,  por exemplo, quando se tem um cão ainda filhote ou muito jovem que ainda não está  totalmente  educado  e  treinado para ficar sozinho dentro de casa quando todos da família estão ausentes.

Também  é  o  caso  de criadores  que  têm  inúmeros cães em seu plantel e não podem mantê-los todos ao  mesmo tempo dentro de casa, a exemplo da criadora Arlene Scarbrough.

Ainda  assim,  Arlene Scarbrough  relata  no  seu  texto O Temperamento do Dogue Alemão que tem  por  hábito, dentre  os 19 dogues  alemães  que   possui,  manter  de  quatro  a  seis dogues, alternadamente,  dentro de  casa,  em  convívio  com  a  família.

Em  segundo   lugar,  é  preciso  ter  disposição  para  educar  e  treinar  o  seu  cão,  o  que  exige paciência,  disponibilidade  de  tempo  e  muito  amor!

Isto  se  aplica  da  mesma  forma como para quem deseja ter filhos. Assim como as crianças, seu filhote  necessita  de carinho, educação e disciplina  e  depois de adulto  continuará a reivindicar sua  atenção e  amor  indefinidamente.  Em  troca,  você terá  um  excelente companheiro e amigo, cuja lealdade e amor incondicional o acompanharão por toda vida,  provendo alegria  e  proteção a você e sua  família.

Quem  se   dispõe   a   adquirir   um  Dogue  Alemão  com   esta   perspectiva  será   muitas  vezes recompensado  pelos resultados  e  verá  seus   esforços  e  sua   dedicação  valerem  à  pena.

Quem  já  desfruta  ou  desfrutou  da companhia de um Dogue Alemão com bom temperamento e apropriadamente  treinado  e  educado sabe que são excelentes companheiros e protetores, além de serem irresistíveis!

Isto exposto, o Dogue Alemão é indicado para a companhia e proteção:

- da família;

- de crianças em geral;

- de idosos;

- de pessoas especiais;

- de pessoas que gostam de passeios regulares de bicicleta e caminhadas;


O  ritmo  dos  passeios  deve  ser  o  de  uma  caminhada. Não faça seu Dogue Alemão correr por longos   períodos  sobre   uma   superfície  dura  (asfalto,  calçada),  pois   isto   pode   ser   muito prejudicial  para  as  suas  articulações.

Passeios  em  ritmo  de  caminhada  em  torno  de  uma  hora  em  horários  mais frescos, no início da manhã ou no final da tarde, são apropriados.


“Danté goes  to visit  the seniors  at   our  local
senior centre...
this  lovely
person always
asks  to  see
Danté...
Lin in Ontario,
 Canada .”

VEM AQUI, 
DANTÉ...
DÁ UM BEIJO
 NA VOVÓ!

Come here, Danté....give granny a  kiss!

“Danté  visita   os   idosos  no  nosso  centro  de  idosos  local.   Essa  querida  senhora  sempre  pede  para  ver  Danté ... Lin em Ontário, Canadá.” www.danesonline.com/week 91.htm




Já  está  mais  do  que  comprovado  de  que  a  companhia  de animais tem um poder terapêutico sobre as pessoas, de uma maneira geral.

Estudos  experimentais   realizados  na   Europa  como,  por  exemplo,  na  Alemanha,  onde  eram permitidas  visitas  regulares  de  animais  a  pacientes  internados em  clínicas, hospitais e asilos demonstraram  que  seus  pacientes  respondiam  melhor  e  em   menos  tempo  aos  tratamentos e  terapias, apresentando  melhoras significativas  no quadro clínico geral. É indiscutível o efeito terapêutico  que  a  companhia  dos  animais  pode  exercer  sobre  as  pessoas.


“This  is
 S e b a s t i a n and  my grandmother
at her nursing
home...
She loves Danes,
but can't come
home to see him, so  I thought  I would start to train  him as a Therapy  Dane ...
I think he's 
gonna do just fine...Kai and Helen Pa”

“Este   é  Sebastian   e   minha  avó  em  seu  lar  de  idosos ...  Ela  ama  dogues,  mas  não  pode  ir  para  casa  para  vê-lo,  então  eu  pensei  em  começar  a  treiná-lo  para  se  tornar  um  dogue  para  fins  terapêuticos.... Acho  que  ele  vai  se  dar  bem .... Kai  e  Helen  Pa ”                                           www.danesonline.com/week319.htm






“Here is our Miss Olyvia with our little boy Justin. Miss Olyvia is a little over 2 yo, has no
vision in her left eye and is deaf. Despite that, she is the sweetest Dane there ever was...Thanks Lin.”

“Aqui   está  a  nossa  srta.  Olyvia  com  o  nosso  pequeno  filho  Justin.  Srta.  Olyvia  tem  um  pouco  mais  de  dois  anos  de  idade,  não  tem  visão  no  seu  olho  esquerdo  e  é  surda.  Apesar  disto,  ela  é  a  mais  doce  dogue  que  jamais  existiu... Obrigado  Lin.”   
                                        www.danesonline.com/week91.htm 


O  valor   terapêutico  do  convívio  com   um   Dogue  Alemão   bem   ajustado,  emocionalmente equilibrado  e  adequadamente  treinado e educado na vida de uma pessoa comum é inestimável, quanto  mais  terapêutica  e  benéfica   será   sua   companhia   e   proteção  na  vida  de  pessoas portadoras  de  necessidades  especiais.

Também  as  crianças  podem  ser  beneficiadas  com  um  amigo  Dogue Alemão.  Primeiramente, aprendendo a respeitar e amar seu amigo de estimação.   

Dependendo da  idade da  criança e sob a supervisão e orientação dos pais ou de um adulto, ela poderá  desenvolver  seu  senso  de  responsabilidade,  na  medida  em que aprende a cuidar das necessidades diárias do seu cão,  interagindo  também  na  sua  educação.




 

“My 5 year old Dane Oreo with my 2 year old daughter Kaitlyn.  Apparently Kaitlyn is correcting Oreo for something shes done. Thanks to Rachel.”  

 

“Minha  dogue  Oreo  de  cinco  anos  de  idade  com  minha   filha  Kaitlyn de  dois  anos.  Aparentemente, Kaitlyn  está  corrigindo  Oreo  por  alguma  coisa  que  ela   fez.  Agradecimentos  a   Rachel.”  www.danesonline.com/week328.htm 


Outro  aspecto  igualmente  importante  é  o  da  proteção.  Em  se  tratando de Dogues Alemães, entendemos que companhia e proteção são aspectos indissociáveis, ou seja, um Dogue Alemão só  exercerá  bem  sua  função  de guardião da  família  e do  lar na  medida em que estabelece um vínculo  afetivo com  os  membros da casa.  Ele  precisa  estar integrado à família a qual pertence e  manter  um  convívio  familiar  diário.

Um  Dogue Alemão  adequadamente  socializado,  treinado e  educado guardará com sua própria vida  a  vida  de  seu  dono e seus familiares.  Quem ama, protege! Proteger os seus é um instinto inato entre a maioria das espécies em seu habitat natural.


“The first human addition to our family, and Bella (The Dane) is always by her side. Notice the worried nanny look on her face. Thanks to Gary and family of Houston, TX”

“A primeira  aquisição   humana  em  nossa  família , e  Bella  (a dogue) está sempre  ao  seu  lado.  Note  a aparência  de  babá  preocupada  em   sua  fisionomia. Agradecimentos  a  Gray  e  família  de  Houston, TX.”       www.danesonline.com/week150.htm


Raças que foram desenvolvidas intencionalmente pelo homem para terem uma índole  agressiva, muitas  vezes, dão  origem  a  cães  que  ao  invés  de  proteger, são uma ameaça ao dono e a sua família.  Esta  é  uma  realidade  já  bem  conhecida.

Igualmente,  no  intuito de se produzir um cão de guarda, existem as assim chamadas técnicas de adestramento  para  o ataque.  Entendemos  que esta  prática  não  deverá ser  jamais utilizada no processo de treinamento e educação do Dogue Alemão,  especialmente quando  destinado  para guarda e proteção do lar e da família. Basicamente, por duas razões:

Em   primeiro   lugar,   pelo   motivo   anteriormente   citado:  um  cão  bem   ajustado  desenvolve naturalmente  o  instinto  de  proteção.     

Em  segundo   lugar,   essas   técnicas  podem   refletir   de   maneira   negativa   na   índole  e   no temperamento do seu amigo Dogue. Práticas de adestramento de obediência, estas sim, podem e devem  ser  aplicadas  na  educação  do  nosso amigo Dogue Alemão, como veremos também na página  Cuidando & Educando.   Nesta   página   você   encontrará  dicas  importantes  sobre  os cuidados,  tratamento  e  educação  do  Dogue Alemão.





“Bailey with Jared.

We got her from Joy Genovese in NJ, she is the best dog!! Thanks to Lori”.

“Bailey  com  Jared.   Nós  a  conseguimos  de  Joy Genovese em  NJ, ela  é  o melhor cachorro! Agradecimentos a Lori”.  www.danesonline.com/week195.htm 


    Ame  o  seu  Dogue  e  ensine-o  a  amar!  Guarda  e  proteção  serão  mera  conseqüência.




É  importante saber que a manutenção de um Dogue Alemão envolve muitos custos e  despesas como alimentação de alta qualidade,  convênio  veterinário,  adestramento,  vacinas,  medicação, produtos anti-pulgas  e  desvemifugação  periódica,  cama apropriada para deitar-se evitando-se os  calos   e   inflamações   nas   articulações  (higromas),   acessórios   como   coleiras,   guias  e brinquedos,  ossos  e  muito  mais,  o   que  deverá   ser   considerado   no   orçamento    familiar.

É   preciso  estar   bem   consciente  de   que  as  despesas  de   manutenção  do  Dogue  Alemão excedem,  em  muito,  o  valor  de custo  em  adquiri-lo, além de que estas se estenderão por toda a  vida  do  seu  amigo  de  estimação.

O   novo   proprietário  do   Dogue  Alemão   também   está   ciente   do  tempo   que   necessitará despender  com   passeios  semanais com o seu cão,  proprorcionando  boa saúde e socialização adequada  com   as   pessoas  e  outros  animais,  garantindo   um  desenvolvimento  saudável  e equilibrado,  além  de  fortalecer,  cada  vez  mais,  o  vínculo  afetivo  entre  si  e  seu  cachorrão!

Seu  Dogue Alemão  necessita ser conduzido, no mínimo, a duas ou três caminhadas  semanais com duração de 30 minutos a uma hora.


                             Visite  também  a  nossa  página: Dogues Aprendem a Amar...



                                  CONTATO        V O L T A R /  B A C K         H O M E

 
Top